PMC

PMC – Dezembro de 2015

Desempenho Geral

1

 

Comparado com o ano passado, o mês de dezembro, apontou queda no comércio em 7,19%, resultante do baixo nível de atividade econômica que gerou impacto direto no consumo das famílias e, consequentemente, no comércio.

2

Em comparação ao mês anterior (novembro), o comércio apresentou um pequeno aumento de 0,7% devido às compras de final de ano, mas mesmo assim, ainda apresentou valor de queda de 7,1%. O segundo pior resultado do ano de 2015.

 

PMC – Ampla

3

Em comparação ao ano anterior, em dezembro de 2015 observa-se um ritmo positivo apenas no setor de Artigos Farmacêuticos, Médicos, Ortopédicos, de Perfumaria e Cosméticos, com aumento de 3,1% de atividade. Todos os outros setores estudados apresentaram retrações no final do ano passado, comparado ao mesmo período em 2014, destacando-se o setor de móveis, com baixa de -18,6%.

Unidade por Federação

4.png

Ao contrário do último mês, em que apenas um estado apresentou um ritmo positivo no comércio (Roraima, PMC de novembro/2015), em dezembro houve retração no comércio de todos os estados brasileiros. Minas Gerais apresentou a menor retração (-2,1%), resultado que destoa em muito de Amapá, com retração de quase -25%, sendo o pior resultado de dezembro de 2015.

São Paulo

5

Em São Paulo, o consumidor demonstrou baixo poder de consumo, afetando o comércio em um resultado negativo de 5,97%. Este foi o segundo pior mês para o comércio paulista em 2015 quando comparado com o mesmo período em 2014.


São Paulo / Brasil

6

Comparando o desempenho do comércio paulista com o resultado médio de todo Brasil, de maneira geral, São Paulo apresentou um desempenho dentro da média do comércio brasileiro. Enquanto que, em dezembro de 2015, o comércio no Brasil teve baixa de 7,1% em relação ao mesmo período em 2014, São Paulo apresentou queda de 5,8%. Comparado ao mês anterior, assim como o varejo em todo país apresentou uma leve melhora de novembro para dezembro, em São Paulo observa-se a mesma tendência de melhora, resultado das vendas de final de ano (que ainda assim, apresentaram um dos piores índices históricos, segundo o Valor Econômico).

 

Por Atividade

7.png

O varejo paulista apresentou melhora apenas no setor de Artigos Farmacêuticos, Médicos, Ortopédicos, de Perfumaria e Cosméticos, o que alavancou, de certa forma, a média do mesmo setor no comércio em todo Brasil. O setor de móveis acompanha o resto do país como um dos piores resultados em atividade, mas em São Paulo, ainda perde para a área de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria, com queda de 24,6%.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s