PIM-PF GERAL – JAN/17 – “Aumento de 1,4% na produção”

DESEMPENHO GERAL

Após 34 meses seguidos de queda, a indústria geral do país apresentou uma variação positiva, na comparação ao mesmo período do ano passado.

A pesquisa da indústria mensal de janeiro de 2017 (PIM-PF), medida pelo IBGE, apresentou um aumento de 1,4% na produção sendo que algumas atividades cresceram mais que outras, como no caso da indústria extrativista com 12,5% de aumento na produção.

O destaque negativo ficou com as indústrias de transformação, com uma queda de 0,3% na produção comparando-se com o mesmo período do ano passado – vale ressaltar que, mesmo com resultado negativo, a tendência é de aumento na produção das indústrias de transformação.

Capturar.PNG

DESEMPENHO DAS INDÚSTRIAS DE TRANSFORMAÇÃO

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, as Indústrias de Transformação apresentaram uma variação negativa na comparação com o ano anterior (-0,3%), mas a tendência é de alta.

As indústrias que mais influenciaram positivamente no resultado das indústrias de transformação foram: Fabricação de equipamentos de informática e ópticos (18%), Confecção de artigos do vestuário e acessórios (13,3%), Fabricação de produtos têxteis (10,8%).

Em contrapartida, as indústrias Equipamentos de transporte, Impressão e reprodução de gravações e Coque, produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis apresentaram retração: -0,3%, -9,4%, -9,9% e -11%, respectivamente.

Capturar.PNG

DESEMPENHO DAS INDÚSTRIAS POR CATEGORIAS ECONÔMICAS

As grandes categorias econômicas indicam a atividade das categorias de bens da economia. A comparação ao mês imediatamente anterior nos indica a sazonalidade da categoria enquanto que a comparação ao mês do ano anterior nos indica sem sazonalidade a atividade da categoria economia em questão.

Capturar.PNG

O resultado acima pode ser entendido de duas maneiras:

Em relação ao mês anterior, em janeiro, as grandes categorias econômicas influenciadas pelos bens de consumo duráveis e bens de capital: -7,3% e -4,1%, respectivamente. Porém, os setores de bens de consumo semi e não duráveis e de bens intermediários apresentaram resultados positivos: 2,1% e 0,7% respectivamente.

Já na comparação com o mês do ano anterior, em janeiro, observa-se uma expansão na produção geral de bens à população e às indústrias.

Desempenho dos Insumos para Construção Civil

Os insumos para construção civil, em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, apresentaram uma retração menor se comparado com os últimos 25 meses (-3,9%). O resultado pode ser associado às medidas microeconômicas  que foram anunciadas em dezembro pelo ministro da fazenda Henrique Meireles.

Capturar.PNG

DESEMPENHO POR CLASSE INDUSTRIAL:

O resultado positivo na pesquisa da indústria mensal pode ser visto por pela ótica da comparação com o mês imediatamente anterior ou pela ótica da comparação com o mesmo mês do ano anterior. Vamos aos resultados:

Na comparação com o mês imediatamente anterior, verifica-se um aumento na produção de: Produtos farmoquímicos e farmacêuticos, Equipamentos de transporte, Bebidas e Derivados do petróleo e de biocombustíveis com os valores de: 21,6%, 6,4%, 5,5%, 4% e 3,8%, respectivamente.

A retração na produção, na comparação com o mês anterior, deu-se principalmente à queda na produção de: Equipamentos de informática, Veículos, Vestuário, Máquinas e equipamentos e produtos do fumo com os valores de: -12,5%, -10,7%, -7%, -4,9% e -3,8%, respectivamente.

Capturar.PNG

Já na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o resultado da indústria foi influenciado pelos aumentos na produção de: Artefatos para pesca e esporte, Reprodução de materiais gravados em qualquer suporte, Brinquedos e jogos recreativos, Óleos vegetais refinados exceto óleo de milho e aparelhos elétricos não especificados, com aumentos de: 331,5%, 90,6%, 62%, 41,2% e 32,3% respectivamente.

Em contrapartida, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, observa-se uma retração na produção das seguintes classes: Máquinas e equipamentos de uso na extração mineral e na construção, Conservas de frutas, legumes e vegetais, Bicombustíveis, Lâmpadas e outros equipamentos de iluminação e Materiais para uso médico e odontológico, com quedas de: -57%, -56,6%, -28,3%, -27,9% e -22,6%, respectivamente.

Capturar.PNG

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s